Bem vindo
Olá, bem-vindo ao Heroes Academy! Aqui você encontra os mais renomados heróis e os mais temidos vilões. Sinta-se a vontade para ser quem você quiser, dentro ou fora da academia. Contamos com você.
E somos melhores que a Sky High, tchau. q
Recentes
Últimos assuntos
» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 3:04 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 3:03 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 3:00 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:59 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:57 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:50 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:46 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:36 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:32 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:22 pm por Galaco

» Ambientação
Dom Fev 14, 2016 2:16 pm por Galaco

» Moniz Wild Ferlazzo, Valentina
Qui Abr 09, 2015 7:03 am por Valentina M. W. Ferlazzo

» Registro de Avatar - Masculino e Feminino
Qui Abr 09, 2015 6:26 am por Valentina M. W. Ferlazzo

» Cirque du Vaux
Qua Abr 08, 2015 2:44 pm por Mërza

» Cannons Masculinos
Qua Abr 08, 2015 2:18 pm por Mërza


Anúncios

O sistema de aulas está pronto. Se faz parte dos grupos que são alunos da Helter High ( Heróis, Liga de Galaco, ajudantes, galaticus, cristacios, pseudo-vilões) Leia este "Tópico - Sistema de aulas"

Rede IW
Valar Morghulis Divergent Factions

Parceiros
Para ser parceiro do Heroes Academy, basta entrar nesse tópico e seguir seus comandos.

Instituto Mortiri


:: Topsites Zonkos - [Zks] ::

RIP Hari Truta

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

RIP Hari Truta

Mensagem por Galaco em Sex Jul 18, 2014 1:06 pm



Parque de Diversões fixo na cidade



avatar
Galaco
Galaco
Galaco

Doláres : 17365

Ficha do personagem
Poder:
Espécie: Divindade
Pertences:

Ver perfil do usuário http://heroesacademy.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Sex Jul 18, 2014 7:02 pm




it's not your fault

A tarde caía em Stream Falls. Era o primeiro dia da Academia, mas quem ligava? Certamente, eu ligava, mas não me sentia muito animado em conhecer meu colega de quarto. Pelo menos, não depois do problema na festa dos calouros. Além do mais, as minhas coisas já estavam no meu dormitório e eu teria muito tempo para jogar fora com meu colega.

Enquanto caminhava pelas ruas da cidades, com as mãos enfiadas no bolso do jeans, o cadarço do tênis desamarrado e a camisa xadrez quase  grande demais até mesmo para mim, vi as luzes do RIP Hari Truta começarem a acender, e aquela lâmpada interna que acende sempre que uma ideia surge, apareceu figurativamente sobre a minha cabeça. Tomei meu rumo para lá e com o celular em mãos, mandei uma mensagem para Bia, do tipo "as luzes acenderam e tenho uma grana pra torrar, a proposta é uma montanha-russa, e talvez cincos voltas lentas numa roda-gigante, e você, o que me diz?".

Assim que cheguei, comprei um algodão doce e sentei, no chão, encostado na placa da entrada, esperando que ela aparecesse, ou respondesse dizendo que não iria.

valeu @ carol!



Última edição por Nicholas Fairweather em Sex Jul 18, 2014 7:31 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Sex Jul 18, 2014 7:18 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


Já estava bem estressada pelo o que tinha acontecido no dormitório, porra! Ia ser tão difícil assim? O primeiro treino de base para os ajudantes também não tinha sido lá aquelas coisas, como que o seu corpo poderia estar dolorido? Estranho... Tomou banho nos vestiários e tudo o que tinha para vestir era um vestido florido que estava em seu armário em caso de emergências, sempre, sempre estava com seu celular. O motivo disso? - Mensagem de Nico - Esse era o motivo... Borgia respondeu a mensagem disse que o encontraria e que se ele saísse de onde estava... O final todos já sabem.
Pegou o caminho mais rápido para chegar até o parque. Bia tinha que ter o codinome de super protetora, por que era isso que ela fazia com Nicholas, só faltava pegar na mão dele para atravessarem a rua. - Juro que deixarei esse lado protetor. - Borgia falou ainda quando estava à alguns metros do menino. Mas ele e assim como ela sabiam que isso seria impossível, ainda mais que Nico fazia parte da nação mais antiga e rara que vive escondida. - Acontece que eu também tenho grana. - Bia arqueou a sobrancelha do mesmo jeito que fazia quando tinha uma super ideia. - Você paga os brinquedos e eu pago a comida, vamos tomar dois copos de milk shake, quem vomitar primeiro veste a fantasia daquele galo dançante. - Aquele galo estranho, ninguém sabia o que ele fazia ali, ou se era da parte do parque.    

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Sex Jul 18, 2014 7:43 pm




it's not your fault

Ri comigo mesmo ao receber a resposta dela, e quando terminei o algodão doce, fiquei brincando com o colar de cristal pendurado em meu pescoço enquanto a esperava.

Havia passado tanto tempo com ela nos últimos meses que já havia me acostumado com tudo dela, desde o som de seus passos até a seu jeito super protetor. Ri meneando a cabeça negativamente para baixo, e depois, olhei-a de baixo. A incrível ruiva! Levantei-me e bati na parte de trás da calça, para limpar qualquer coisa que eu nem sabia se realmente havia sujado. Dei meu melhor sorriso desafiador.

- Combinado, garota. - Falei, estendendo a mão. - Mas, falando sério... Vômito? Você tá ajudando essa coisa a me perseguir. - Brinquei, porque havia sido um vômito que havia nos apresentado.

Olhei para o galo estranho que ficava ali, ri comigo mesmo me imaginando ali dentro, e depois imaginei ela dentro da roupa. Aquilo seria o cúmulo do ridículo, além de imensamente divertido.

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Sex Jul 18, 2014 8:32 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


É, vômito. Ela não tinha pensado direito, mas quando a cena veio em sua mente ela deu risada... - Só pra você lembrar aquele belo dia que você conheceu essa pessoa especial - Borgia girou fazendo menção à ela. - Agora vem - A menina puxou o garoto pelo braço, já tinha um aglomerado de pessoas querendo entrar nos brinquedos e em outros lugares, a ruiva logo se apressou para pegar quatro milk shakes, e aquela cara tipica do atendente se fez presente "Tem certeza?" Borgia pagou a bebida e deu dois copos para Nico.
O sorriso dela ia de orelha à orelha. - Vai - Bia virou o copo e em algumas goladas já tinha acabado com tudo. - AAAAH, frio, frio, frio - A menina franziu o nariz e levou suas mãos até a cabeça. Aquela sensação de estar tudo congelando passou em alguns minutos. - Montanha-russa, aqui vamos nós... - Conheciam o operador do brinquedo então poderia andar mais que uma vez, sem esperar na fila, duas voltas e depois iriam para a roda-gigante e para as conversas de sempre... Ou não.

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Sex Jul 18, 2014 8:56 pm




it's not your fault

Gargalhei quando ela deu sua pirueta, e deixei que me puxasse pelo braço até os milk shakes. Era incrível como o atendente sempre fazia a mesma cara quando a gente chegava lá para tomar o gracioso milk shake do parque, e segurei os dois copos.

Não demorei muito para tomar todo o conteúdo dos dois e senti minha cabeça ficar gelada, parada no tempo. Claro, aquela dor de cabeça era muito melhor do que as dores de cabeça que eu sentia quando olhava para uma tela de celular ou de computador. Aquele tipo de dor de cabeça era infernal, de milhões de códigos incompreensíveis passando na sua cabeça, entrando e se impregnando em cada canto do seu cérebro. Realmente esperava que a academia me ajudasse naquela questão.

Pisquei os olhos algumas vezes, e balancei a cabeça como se aquilo fosse ajudar a dor a passar. Devo ter feito alguma careta, porque senti meu rosto enrugando. Puxei ela até a montanha-russa e a fila já estava enorme, mas conhecíamos o operador, e depois de cumprimentá-lo e pagar o preço de duas voltas e alguns trocados a mais, sentamos no primeiro carrinho. Se alguém ia vomitar, não dava pra ser na cabeça de uma pessoa.

- Que o molenga vomite! - Falei, já gargalhando e esperando que a coisa começasse a andar.

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Sex Jul 18, 2014 9:35 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


Borgia deu risada do estado de Nico... A barra de proteção apertava sua barriga cheia de liquido, se não fosse na primeira volta, na segunda não seria possível segurar, o carrinho deu um soco para trás e logo começou o seu trajeto de subida. Tec, tec, tec, faziam as rodas do carrinho no trilho. Bia prendeu a respiração quando chegaram no topo e despencaram. - NI.. AAH - Borgia gritou, era impossível não gritar, levantou seus braços para sentir aquela sensação de estar sendo levada.
Então veio o primeiro giro, o liquido subiu, mas desceu, mais uma descida e a parte que estavam de cabeça para baixo... Ouvia um zunido e sua pele estava esticando, maldita hora pra isso acontecer... Agora era a parte das duas voltas seguidas, como um parafuso, Bia fechou os olhos... Sentia algo escorrendo pelos lados de sua boca, mas era só baba mesmo. O carrinho começou a desacelerar, tirou seu cabelo do rosto e olhou para o menino.
Mal teve tempo para respirar e já estava iniciando uma nova volta, Borgia olhou para o operador, como cara de "Que?" As pessoas nem tiveram tempo de entrar nos outros carrinhos... - Você pagou por duas voltas sem paaaaaaaaausa? - Despencaram sem mais nem menos.... Então... Bléééé, aquele liquido rosa, litros e litros dele para fora, não tinha chego nem na primeira volta, não queiram imaginar o que aconteceu quando chegaram na volta dupla...
- Nunca mais, nunca mais... - Borgia desceu do carrinho cambaleando, olhou para cima e tudo girava.  

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Lauren Black em Sex Jul 18, 2014 9:48 pm




I Will Survive

No crepúsculo decidi ir até o parque de diversões, soube que um antigo companheiro de abrigos estava na cidade e iria encontra-lo ali, me vesti e parti para a cidade, para o parque, estava ansiosa para saber como ele estava. Esperava que ele tivesse parado com as drogas.

Berry era uma das poucas pessoas que são do meu círculo de amizade e de confiança, ele era muito similar a mim, quando estava com ele sentia que podíamos fazer o que quiser e nada nos impediria. Sentia mesmo a falta dele. Pode perceber através dos meus apressados passos furando fila na bilheteria e pagando a entrada. Olhei para aquela linda visão de luzes coloridas, crianças rindo, gritos em montanhas russas e outros brinquedos.

Andei até um banco perto de uma barraquinha de tiro, onde havia combinado com ele, sim havia conseguido o contato dele e ligado para ele, combinando tudo direitinho.


Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics




vestuário
avatar
Lauren Black
Pseudo-Vilões
Pseudo-Vilões

Doláres : 11176
Idade : 22

Ficha do personagem
Poder:
Espécie:
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Sex Jul 18, 2014 9:59 pm




it's not your fault

Esfreguei uma mão na outra enquanto a barra de proteção era pressionada sobre meu estômago. O líquido estava vivo lá dentro. Então o carrinho começou a andar, me deliciei com o som das rodas nos trilho e estávamos no topo.

Descemos.

- AAHHHHHH! - Gritei entre um sorriso. Aquela era a melhor sensação de todas, e era melhor ainda porque tinha Bia ao meu lado e ela era a minha referência.

Joguei as mãos para o alto, gritando e gritando e gritando. Uma volta, e em pouco tempo chegamos no loop duplo.

- UHUUUUUUUUUUU. BIA! ISSO É A MELHOR COISA DO MUNDO.

Então eera o fim, e antes que tivéssemos tempo de respirar, o trajeto recomeçou. Não respondi a pergunta dela, só ri baixinho e antes da primeira volta, Bia já estava colocando até as tripas para fora. Era nojento, mas não pude deixar de achar graça. Ver ela naquela roupa esquisita de frango não tinha preço.

Quando acabou, levantei meio zonzo do carrinho e quando fui tentar segurá-la, para não deixá-la cair, acabei vomitando tudo também. Depois do trabalho terminado, puxei ela para longe da montanha-russa.

- Nota mental e compartilhada: nunca fazer isso de novo. - Falei, piscando os olhos.

Encontrei seu rosto meio desfigurado pela tontura, e sorri para ela, abraçando-a.

- Perdeu, ruivinha. Quero te ver de frango esta noite. - Gargalhei, apertando-a em meus braços.

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Berry B. Turner em Sex Jul 18, 2014 10:07 pm

RIP Hari Truta
Era uma noite fria de inverno. Marchava solitário sobre o gelo congelado na calçada mais escorregadia do que nunca. Virava à esquina e avistava uma roda gigante luminosa no horizonte. Era lá que reveria uma grande amiga dos velhos tempos, Lauren.

Ficava na fila por quase dez minutos atrás de um ingresso. Meus dedos se mexiam tanto que não me assustaria se rasgassem tanto minhas luvas quanto os bolsos do meu casaco. Não demoraria para começar a nevar.

Meu coração batia agotado e meu estômago parecia chorar. Será que ela queria me dar uma notícia ruim? Da última vez que havíamos nos encontrado, ainda usava drogas. Até onde sabia, Lauren jamais havia utilizado estas substâncias, logo, esperava que ela não me perguntasse onde poderia consegui-las.

Avistava, então, a jovem de cabelos claros sentada em um banco bem na frente de uma barraquinha de tiro-ao-alvo. Decidia, então, comprar ali perto dois algodões doces, um para mim e um para ela. Seria falta de educação chegar com as mãos abanando, após tanto tempo afastado.

Aproximava-me da moça, trazendo o algodão verde para perto de mim e a oferecendo o amarelo que, por sinal, combinava com seu cabelo.

— Lauren? — Dizia em tom baixo, com medo que não fosse ela.
Interagindo com a Lauren Black.

avatar
Berry B. Turner
Pseudo-Vilões
Pseudo-Vilões

Doláres : 11223

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Lauren Black em Sex Jul 18, 2014 10:19 pm




Missing You

Estava tão distraída que não percebi a aproximação daquele ser que tanto sentia falta, meu melhor amigo, meu parceiro de confusões, o drogado da turma, opa o ex-drogado da turma. Berry, estava mais belo do que podia lembrar, abri um grande sorriso no rosto, podia sentir a alegria pura em meu rosto, corpo.

Peguei o algodão doce e levantei, indo de encontro a ele, o abraçando forte, meu coração batia forte, meus olhos queria me entregar com malditas lágrimas. Segurei o choro e disse, escondendo o rosto em seu peitoral.

-Sim sou eu... Berry... Como você mudou, senti tanto sua falta...

Depois de uns minutos me afastei e disse olhando em seu olhos, estava num bom humor inabalável.

-Obrigada pelo algodão doce. Soube pelo pessoal o que aconteceu com você. Estou morando na Academia, então qualquer coisa que precisar é só me chamar, sabe que em um picar de olhos estarei onde precisar.

Perto dele me sentia mais viva, mais alegre, menos perturbada e confusa.


Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics




vestuário
avatar
Lauren Black
Pseudo-Vilões
Pseudo-Vilões

Doláres : 11176
Idade : 22

Ficha do personagem
Poder:
Espécie:
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Berry B. Turner em Sex Jul 18, 2014 11:04 pm

RIP Hari Truta
Ainda não conseguia acreditar que havia reencontrado Lauren. Minha grande amiga das horas boas e más. Não que tivesse feito as coisas erradas comigo, mas ela sempre fazia o possível para me compreender.

Abraçava a garota com força, mas com cuidado. Ainda não controlava meu poderes completamente e o menor deslize poderia ser fatal, e a última coisa que queria era machucá-la.

Também senti muito a sua falta. Fiquei sabendo dessa academia, Lauren. Parece ser um lugar bom, mas tenho medo de, você sabe... Acidentes podem acontecer — decidia interromper minha fala. Não queria deixar as coisas depressivas.

O vento frio parecia capaz de me cortar ao meio, mesmo com meus muitos casacos. Começava a caminhar lentamente pela pequena trilha de terra, para que Lauren pudesse me acompanhar.

Estou morando numa pensão um pouco longe daqui. Não é muito boa, mas é o que posso pagar no momento. Falando nisso, continuo trabalhando naquele mesmo posto de gasolina — dizia.

Tirava minha luva direita e comia um pedacinho do meu algodão doce. O doce ajudava a aquecer, mesmo que apenas um pouco.
Interagindo com a Lauren Black.

avatar
Berry B. Turner
Pseudo-Vilões
Pseudo-Vilões

Doláres : 11223

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Jack Overland em Sex Jul 18, 2014 11:07 pm



I have no one to help me
enjoy your life and do not waste it
 
A noite era fria a neve caia lentamente, os finos e elegantes flocos de neve dançavam graciosamente como uma bailarina, olhei para o céu e pus as mãos no bolço da jaqueta de couro com a esperança de me manter aquecido nesta noite, eu tinha saído do Galpão para ver esse novo parque de diversões. Andei pelas ruas brancas até ver varia luzes coloridas piscando lá longe, cheguei mais perto até chegar no meu objetivo, fui até a bilheteria e esperei na fila interminável de pessoas. Após uns 20 minutos esperando consegui comprar o bilhete e entrar, não importa onde olhasse sempre havia pessoas rindo felizes e conversando com amigos ou namorados, aquilo era humilhante... Pensar que os outros são tão alheios ao mal no mundo, alheios a pobreza, alheios ao sofrimento. Empurrei esses pensamentos amargos da minha mente e continuei andando, comprei um algodão doce de coloração azul e me sentei em um banco para comer, depois de minutos comendo acabei e guardei o palito, aquilo seria útil depois, peguei minha carteira e olhei para ver dinheiro o suficiente para apenas ir uma vez na montanha russa, suspirando fui até a fila.
Após angustiantes minutos de espera entrei no ultimo lugar, a montanha russa começou se movendo para cima antes de descer brutalmente para baixo, mas aquilo não me assustava, gritos foram cada vez mas altos quando o carrinho de montanha russa girava, subia, descia e rodava em movimento de parafuso, depois de minutos o passeio acabou e eu não soltei um único grito que diferente das pessoas que estavam vomitando na minha frente ou estavam tontas. Aquilo já tinha sido o máximo que podia fazer ficando aqui sozinho, Então voltei para o Galpão.

COM: Alguém ONDE: Aqui VESTINDO: Isso POST: 000

@Lilah
avatar
Jack Overland
Renegados
Renegados

Doláres : 11106
Idade : 23

Ficha do personagem
Poder: Eletrocinese
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Lauren Black em Sex Jul 18, 2014 11:22 pm




Missing You

Não deixaria ele ficar todo depressivo por causa de seus poderes, peguei um pedaço da minha guloseima e coloquei na boca enquanto ele falava, sorri ao saber que ele estava trabalhando. Sorri mais ainda por saber que ele tinha um lugar para morar.

Olhei sua mão e disse enquanto levantava o olhar para ele, arrancando outro pedaço do algodão, minha feição era suave e feliz, não podia esconder a felicidade que sentia.

-Também não controlo bem meu poder, porém a academia é uma grande ajuda, bem se mudar de ideia sabe para onde ir, ao menos lá ficaríamos mais próximos de novo.

Coloquei o doce em minha boca e reparei que os lábios dele estavam sujos do açúcar do algodão. Meus dedos foram inconscientemente até eles, os tocando suavemente e os limpando.

-Deixe-me limpar, esse tipo de doce suja muito...

Depois de seus lábios limpos coloquei os meus dedos sujos de açúcar em minha boca os limpando. Olhei em volta e disse suavemente para ele. Berry era uma das poucas pessoas que conheciam este meu lado.

-Quer ir em algum brinquedo que prefira?

Me sentia tão em paz que podia passar um policial por perto de mim que não o xingaria mentalmente.


Thanks for @Lovatic, on Cupcake Graphics




vestuário
avatar
Lauren Black
Pseudo-Vilões
Pseudo-Vilões

Doláres : 11176
Idade : 22

Ficha do personagem
Poder:
Espécie:
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Sex Jul 18, 2014 11:36 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


Droga! Tudo bem, Nico vomitou só depois... - Você sabe que eu vou feder depois que sair daquela fantasia e não reclame. - Bia resmungou no peito dele já que sua cabeça estava afundada ali por causa do abraço. Borgia ergueu a cabeça e olhou para ele... Eram como flashbacks... - Espera um pouco. - Bia foi até na entrada do parque, conversou com o moço da fantasia - Ele era muito, muito estranho - Entrar na fantasia foi a pior coisa do mundo, além daquele treco feder pra caceta, era muito apertada. Borgia caminhou com as pernas abertas por que era o único jeito. - Como estou? Linda, eu sei. - Quando colocou a cabeça da fantasia dançou de todos os jeitos possíveis, uns movimentos bem descontrolados, como se só ela escutasse a música. - É, já ta bom... - A voz da menina soou abafada. Devolveu a fantasia e voltou saltitando. - Agora me cheira... - Ela podia ter ido colocar a fantasia no final, mas não perderia a chance de ficar fedida ao lado dele pelo resto da noite.
Parece que ninguém se interessava pela roda-gigante, umas seis pessoas na frente deles, e era só isso. Quantas cadeirinhas tinha nisso? Bia não conseguiu contar, já era a vez deles. Aquele brinquedo não seria o mesmo, depois de todo esse tempo, de todo esse cuidado. Ela deveria ter contado no começo? Deveria, mas... Borgia sentou-se ao lado dele e o brinquedo girou lentamente, aquele era o lugar onde eles falavam sobre tudo, mas a conversa tomaria outro rumo. - Nicholas, eu tenho que falar uma coisa pra você. Uma coisa que eu deveria ter contado a muito tempo. - Ela nem sabia se era verdade, se os pais dele eram aqueles que seus pais haviam matado... - Sobre... ( pausa ) Sobre seus pais.  

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Sab Jul 19, 2014 6:27 pm




it's not your fault

Se ela já era engraçada com roupas normais, não me peça para descrevê-la naquela fantasia de frango porque não existem palavras. Gargalhei alto enquanto ela dançava ao som de uma música muda, que só ela ouvia e conhecia. Seus movimentos desengonçados eram graciosas e eu não podia deixar de achá-la incrível.

Depois do show feito, Bia foi devolver a fantasia ao cara que estava sempre vestido com ela e quando voltou, me mandou cheirá-la. Inspirei o ar ao seu redor e encostei o rosto em seu pescoço, respirando seu perfume misturado com o suor da fantasia. Fiz uma careta e gargalhei.

- Cheirosa como uma flor, Bia. - Disse, ainda rindo e completei: - Mas, na saída, me lembre de dar ao rapaz-frango o endereço da lavanderia mais próxima. Aquele negócio vai precisar de umas 20 lavagens pra tirar a inhaca.

Fomos para a fila da roda-gigante que parecia ter desaparecido do gosto das pessoas porque haviam poucas pessoas esperando pelo brinquedo. Cutuquei-a o tempo inteiro na fila, para tirá-la do sério e quando chegou a nossa vez, sentamos na cadeirinha em silêncio. Quando ela disse que tinha algo para me contar, eu pensei em como ela sabia um pouco mais sobre mim, do que o quase nada que eu sabia sobre ela. Nunca havia pensado nisso antes.

Foi então que ela citou meus pais e eu congelei. Nunca sentira tanto frio quanto naquele momento, nem mesmo quando dormia na rua depois de pegar alguns pães na padaria. Foi como gelo tivesse atravessado meu corpo. Prendi minha respiração por alguns segundos e suspirei profundamente.

- O que você tem pra me falar dos meus pais que eu não saiba, sabidinha?

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Seg Jul 21, 2014 5:31 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


Eeee droga! Podia ter esperado mais um pouco! E lá vamos nós... Bia demorou um bom tempo para responder, não sabia como começar. - Tem uma boa parte que você não sabe. - Era complicado. - Eu nunca te falei sobre os meus pais, na verdade, tudo o que você sabe sobre eles é que eles morreram. - Ela ia contar tudo, não tinha como ele sair de onde estava, ou isso viraria em tragédia ou... - Eu nunca fui uma filha para eles, nem nome eu tinha vivia em conflito, uma disputa... Como a família Bórgia. - Ela mesmo tinha se dado o nome e sobrenome... Ela era filha dela, a garota respirou fundo e segurou a barra de segurança com força. - O motivo disso, meus pais... - Ela olhou nos olhos dele. - Meus pais eram cientistas. - Aquilo quase não saiu, foi uma confusão de palavras dentro de sua boca, saiu como um engasgo e as lágrimas vieram.
Ela não sabia se continuava se parava por ali, mas ele tinha que saber a verdade, ele tinha... - Eu vivia numa jaula, o poder que eu tenho é culpa dos meus pais, essa falta de emoção e ser super protetora é culpa deles, Nico. - Ela fechou os olhos e continuou firme. - Eu lembro desse dia todos os dias que olho para você, do dia que meus pais capturaram aquele casal, Cristacios. Usavam um colar como o seu, foi um dos motivos pelo qual eu te ajudei aquela noite no bar. Meus pais tiraram o colar deles e eles secaram como uma esponja no sol, envelheceram, ficaram fracos... (pausa) Mas ficaram juntos, morreram juntos e me concederam um desejo e eu escolhi sair daquela vida e minha casa explodiu no momento que fui teletransportada para fora dela. - Bia abraçou-se como se estivesse procurando um porto seguro. - Eu podia ter salvado eles! Podia ter salvado... Podia ter usado meu desejo de outra maneira, de uma maneira que eu os ajuda-se, Nico, eu não... - Eles estavam no alto da roda-gigante agora e ela parou bem ali, como a fala da garota.

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Seg Jul 21, 2014 6:08 pm




it's not your fault

A medida que ela falava, meus olhos se enchiam de mais e mais lágrimas e elas transbordavam, escorrendo pelo meu rosto. Agarrei o meu colar quando ela o citou, e as coisas começaram a passar na minha mente como um furacão. Cada lembrança dos meus pais, eles sempre de mãos dadas, sorrindo um para o outro e para um eu-criança, inocente demais para saber do mundo. O amor deles em cada toque direcionado a eles mesmo ou a mim.

Deixei que ela falasse, e quando a roda-gigante parou conosco no topo, sua voz cessou também. Eu fungava, minhas bochechas coçavam por causa das lágrimas e meus olhos ardiam. Por um momento eu não sabia se a abraçava, ou se abraçava a mim mesmo. A resposta caiu como uma luva.

Do topo, com a visão embaçada, vi as luzes da cidade. Cada prédio, cada casa, cada estabelecimento. Os postes na rua. As luzes eram feitas dela. E eu olhei para as estrelas que eram apenas um borrão no céu, e o brilho da lua e das estrelas também era feito dela. Eu tinha que abraçá-la porque ela não podia esquecer o quão especial ela era, e ela também não podia esquecer disso. Bia era a pessoa mais bondosa que passara pela minha vida depois da perda dos meus pais. Eu sabia que ela tinha consciência daquilo, a verdade estava no coração dela.

O melhor dela era bom o suficiente, e ela era incrível. Eu não tinha o direito de ter raiva dela. Ela não era e nunca fora os pais dela. Borgia era Borgia. Minha Borgia. Minha melhor amiga. A melhor pessoa que aparecera na minha vida. Minha protetora e minha protegida. Ela era um espetáculo de beleza com sua pele clara e seus cabelos ruivos. E ela era linda.

Aproximei meu corpo do dela no banquinho, e segurei-a, virando-a para mim. As lágrimas ainda escorriam pelo meu rosto e pelo dela também. Soltei um soluço e segurei-a contra o meu peito, sem me importar em moderar minha força. Eu precisava mostrar a ela que nada daquilo importava, que tudo que importava era que ela havia escolhido o certo.

- Não é sua culpa... - Sussurrei, e depois repeti mais alto. - Não é sua culpa, Bia. Eles eram monstros, eu sei. Você era só uma criança, meu amor. Tenho certeza que meus pais ficaram feliz com o seu desejo, e ficaram felizes em ajudá-la. Não se preocupe, Bia. Não se preocupe por favor. Eu te amo, você é a melhor coisa que tem me acontecido todos os dias nos últimos meses e eu sou tão feliz por ter te conhecido. Meus pais estão orgulhosos de mim, eu sei. E estão felizes porque nos encontramos. Onde quer que a essência deles esteja, eu sei que estão bem. E eu te amo.

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Borgia Kornn Hellgäin em Ter Jul 22, 2014 7:35 pm





I go hunting for..

The Newscaster says the enemy's among us As bombs explode on the 30 bus Kill your middle class indecision Now is not the time for a liberal thought- - - - - - - - ♥


Ela esperava uma reação diferente, por dentro estava gritando "Que droga, Nico! Grite comigo!" Mas ele estava como ela, emoções confusas lagrimas para todos os lados. Bia fungava e algo escorria de seu nariz, limpou com as costas da mão antes que Nico falasse algo. - Não é sua culpa - Como não? Borgia lembrava de todas as coisas que tinha feito para reparar isso, e amizade de Nico já era a sua maior vitoria. Os minutos seguintes da conversa fizeram a garota perder a respiração, ficou totalmente paralisada. Eu amo você - Bia olhou fundo nos olhos dele e teve certeza de que aquilo era verdadeiro. Era tão verdadeiro que algo explodiu em seu peito, uma mistura de felicidade e novas emoções, nunca tinham falado aquilo para ela.
Tudo, tudo que ela já tinha visto que fosse algo relacionado com o amor foi em filmes e seriados que tinha assistido com ele, Nico e Borgia passaram muito tempo juntos o suficiente para que tudo aquilo fosse real, para que nada como coisas desse tipo fossem atrapalhar o momento - Atrapalhar do tipo "Como você pôde?" "Pensei que fosse minha amiga" Frases tipicas de lideres de torcidas quando a amiga pega o namorado da outra.
Ela não sabia o que fazer... Bia olhou para frente e viu um casal, rindo e abraçados... Bia sorriu, nunca pensou que seria desse jeito, desse jeito que se demonstra algo. Limpou seu rosto e olhou para Nico, curvou-se para chegar mais perto do garoto, fechou seus olhos quando seu rosto estava a centímetros do rosto dele. - Eu também te amo... - Sussurrou perto dos lábios do garoto e então o beijou.
Foi um selinho demorado antes de abrir sua boca e pedir passagem, era o seu primeiro beijo, o seu primeiro " eu te amo" uma sensação nova, e Bia gostou, gostou de cada segundo...  

valeu @ cács!

avatar
Borgia Kornn Hellgäin
Ajudantes
Ajudantes

Doláres : 11108

Ficha do personagem
Poder: Elasticidade
Espécie: Mutante
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Nicholas Fairweather em Qua Jul 23, 2014 12:29 pm




it's not your fault

Fitei seus olhos fechados, até que seus lábios tocaram os meus e eu fechei meus olhos também. Segurei seu rosto entre minhas mãos com delicadeza, e passei minha língua pelos seus lábios quando eles se abriram devagar. Beijei-a como nunca havia beijado ninguém e a sensação era a melhor de todas.

Era como se de repente, houvesse somente nós dois no mundo, ou no vácuo. Ou no fundo de Atlantis. Éramos só nós dois.

Separei meus lábios dos dela quando senti a necessidade de respirar, mas sorri, ainda de olhos fechados, com um certo medo de que se abrisse, ia acabar tornando tudo surreal. Aos poucos, fui abrindo meus olhos, observando seu rosto em minhas mãos. Decorando cada detalhe de sua sobrancelha e de seu nariz. Soltei uma risada baixa e beijei sua testa.

- Agora, vamos sair dessa roda-gigante e comer cachorro-quente. - Falei, entusiasmado. - Eu pago.

valeu @ carol!

avatar
Nicholas Fairweather
Cristacios
Cristacios

Doláres : 11103

Ficha do personagem
Poder: Ciberpatia
Espécie: Cristacio
Pertences:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RIP Hari Truta

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum